quarta-feira, 25 de maio de 2016

Igreja da Escócia autoriza nomeação de pastores gays

Igreja da Escócia autoriza nomeação de pastores gays

Já a celebração de casamentos entre pessoas do mesmo sexo permanece vetada 
 

  Igreja da Escócia autoriza nomeação de pastores gays
A Igreja da Escócia autorizou no último sábado (21) que seus pastores homossexuais poderão se casar com seus parceiros sem perder o ministério dentro da instituição.
A votação aconteceu em Edimburgo e se tornou histórica, porém com algumas controversas, pois apesar de autorização a união entre pessoas do mesmo sexo, a denominação não permite a celebração de uniões homossexuais dentro da igreja.

O assunto foi debatido durante muito tempo, gerando até divisões dentro da Igreja da Escócia, mas o resultado da votação ficou em 339 votos a favor e 215 contrários.
A decisão é para que cada congregação da Igreja da Escócia decida se deseja ou não nomear um pastor homossexual, contudo, a celebração de casamentos deve acontecer apenas para uniões heterossexuais.
Isso só deve ser mudado depois do Fórum Teológico que está marcado para acontecer no próximo ano, quando os clérigos poderão discutir e votar a respeito do casamento homossexual. Com informações Terra