sábado, 18 de julho de 2015

Cantora gospel é suspeita de matar o marido

Cantora gospel é suspeita de matar o marido

Tania Regina Levy, de 38 anos, foi presa na quinta-feira (16) em Piracicaba.


Cantora gospel é suspeita de matar o marido 
  Cantora gospel é suspeita de matar o marido
A cantora gospel Tania Regina Levy, 38 anos, foi presa nesta quinta (16) em Piracicaba, São Paulo. Ela é a principal suspeita de matar o marido, o guarda municipal Eliel Silveira Levy. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo no dia anterior.
Após passar pelo exame de corpo delito, a cantora passou foi levada para a Cadeia Pública Feminina de Santa Bárbara d´Oeste (SP), onde ficará até o dia do julgamento.
Em 16 setembro de 2013, o corpo de Eliel, 37 anos, foi encontrado no porta-malas de um Volkswagen Gol preto incendiado. O crime foi considerado homicídio qualificado e os investigadores trabalharam no caso por mais de um ano.
Desde dezembro daquele ano, a polícia desconfiava de Tania, que fora ouvida pelo delegado Marcel Willian Oliveira de Sousa. Segundo o portal G1, um dos investigadores responsáveis pelo caso, explica que a prisão demorou bastante tempo pois “Fizemos um relatório muito profundo, colhemos materiais e provas, apuramos evidências”.
Em setembro de 2013, Tania e Eliel foram dados como desaparecidos. Os dois carros usados pelo casal, o Gol e um Elantra, também não foram localizados pela polícia. Dias depois a cantora voltou para casa, mas não falava publicamente sobre o assunto. A defesa de Tania não se manifestou sobre a prisão.