segunda-feira, 22 de julho de 2013

Bispo Rodovalho diz que origem do dinheiro se deu entre anjos e Lúcifer e que “é natural” que o Brasil tenha um presidente evangélico

Bispo Rodovalho diz que origem do dinheiro se deu entre anjos e Lúcifer e que “é natural” que o Brasil tenha um presidente evangélico


Bispo Rodovalho diz que origem do dinheiro se deu entre anjos e Lúcifer e que “é natural” que o Brasil tenha um presidente evangélico
O bispo Robson Rodovalho, líder e fundador da Igreja Sara Nossa Terra e cantor gospel concedeu uma entrevista falando sobre o lançamento do livro O Dinheiro & Você, e afirmou que a origem do dinheiro está no mundo espiritual.
A jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo entrevistou o líder religioso, e ouviu ele dizer que, na pesquisa para o seu livro, descobriu que no quesito “origem do dinheiro” as raízes do tema são mais profundas que as bases do capitalismo.
Segundo Rodovalho, o dinheiro é “um bem que já tramitava no meio dos anjos, [pois] Lúcifer tinha, antes da queda, algum tipo de comércio”.
Sem citar, na entrevista, as fontes de sua pesquisa ou ainda passagens bíblicas que corroborem seu ponto de vista, Rodovalho convida para uma leitura reveladora em seu livro: “Descubra os segredos espirituais, emocionais e práticos para adquirir riquezas”. A publicação foi lançada durante a Feira Internacional Cristã (FIC), realizada na última semana pela GEO Eventos, empresa das Organizações Globo, assim como a Som Livre, com quem o bispo tem contrato para distribuição de seus CDs.
Falando sobre política, o bispo diz ter apoiado Dilma Rousseff na última eleição para a presidência da República, “porque o país foi dirigido pela direita a vida inteira”. O curioso é que Rodovalho havia sido deputado federal na legislatura anterior, eleito pelo Democratas (DEM), partido de oposição ao governo petista.
Ainda no tema, Rodovalho observa que o crescimento dos evangélicos é um fenômeno que influencia a política, e que um dia o Brasil terá um presidente evangélico: “É natural, né?”.
 Gospel+

Nenhum comentário :

Postar um comentário