quinta-feira, 24 de julho de 2014

Kaká fala sobre sua relação com Deus fora da igreja, nega decepção com evangélicos e diz que “tomaria cerveja se fizesse bem”

Kaká fala sobre sua relação com Deus fora da igreja, nega decepção com evangélicos e diz que “tomaria cerveja se fizesse bem”

Kaká fala sobre sua relação com Deus fora da igreja, nega decepção com evangélicos e diz que “tomaria cerveja se fizesse bem” O jogador Kaká concedeu uma entrevista e comentou sua forma de olhar para a questão religiosa. Ex-membro da Igreja Renascer, o meia-atacante diz que se inspira em Jesus e que lê a Bíblia com frequência como forma de entender a proposta do Evangelho.
Na conversa com a jornalista Sonia Racy, do jornal O Estado de S. Paulo, Kaká afirmou que atualmente sua relação com a religião é “muito ligada a Jesus só”, por entender que é a melhor maneira de praticar a fé: “Sou um cara que ama a Bíblia, tenho Jesus como meu exemplo. Então, faço as minhas orações. Tenho a Bíblia no meu telefone e estou lendo muito os Evangelhos ultimamente, para entender um pouco mais de Jesus e das coisas que ele fazia, como fazia e por que fazia”.
Questionado se ficou decepcionado com os evangélicos, Kaká negou: “Não, fiquei muito tempo na Renascer, frequentei a igreja, mas chegou um momento em que achei que era hora de me desligar da instituição. A gente tem uma ótima relação com eles”, disse, em tom bastante diplomático, e fazendo referência aos dirigentes da denominação, apóstolo Estevam Hernandes e bispa Sonia Hernandes.
Sobre bebidas alcoólicas, Kaká disse que se abstém por questões pessoais e profissionais: “Não gosto. Até falei com as nutricionistas para saber se alguma delas via benefício na bebida. Eu não gosto, mas, se me dissessem que tomar uma cerveja faz bem, por exemplo, até tomaria. O engraçado é que morei em dois países onde o vinho é parte da cultura. Com a Carol, até fiz um curso, que foi muito legal”, revelou.
A jornalista, curiosa em compreender como alguém que não bebe se saiu num curso sobre vinhos, perguntou como foi a experiência. Bem humorado, Kaká respondeu: “Mas eu bebia [no curso]. Se abrir uma garrafa, eu tomo, mas não é algo que faça por prazer. No curso, a professora perguntava: ‘Por que vocês estão aqui?’. A maioria respondia: ‘Ah, eu gosto de vinho’ ou ‘eu tenho uma adega’. Já eu falei: ‘Queria descobrir por que não gosto de vinho’. Todo mundo começou a rir”, disse ele.
Leia mais...

Para reverter rejeição entre evangélicos, Dilma criará comitê para receber pastores, dizem jornalistas

Para reverter rejeição entre evangélicos, Dilma criará comitê para receber pastores, dizem jornalistas

Para reverter rejeição entre evangélicos, Dilma criará comitê para receber pastores, dizem jornalistas A forte rejeição enfrentada pela presidente Dilma Rousseff (PT) entre os evangélicos levou os diretores da campanha pela reeleição a criar um comitê evangélico para que a relação com a liderança das igrejas seja mais amistosa.
Os responsáveis pela criação do comitê serão Gilberto Kassab (PSD), ex-prefeito de São Paulo; Eurípedes Júnior, (PROS); e Marcos Pereira (PRB), partido com forte ligação com a Igreja Universal do Reino de Deus.
O PRB abriga todos os pastores e bispos da Igreja Universal que aspiram uma carreira política, e seu presidente, Marcos Pereira, queixou-se com Dilma e os ministros Aloízio Mercadante e Ricardo Beroini a respeito da forma como os evangélicos são tratados pelo governo.
Pereira explicou que há forte rejeição ao PT e a Dilma Rousseff entre os evangélicos por conta da agenda que o partido defende, com temas como a legalização do aborto, por exemplo, amplamente criticada por pastores e outros líderes cristãos.
Segundo informações do jornal O Globo, Dilma Rousseff ouviu as queixas e propôs reuniões semanais para tratar do assunto com líderes evangélicos, com participação dos aliados. Quando for iniciada a campanha de rádio, no dia 19 de agosto, esses encontros passariam a ser quinzenais.
O jornalista Gerson Camarotti, colunista do G1, também informou sobre os relatos feitos à presidente sobre os problemas junto aos evangélicos.
“O alerta foi feito pelo presidente do PRB, Marcos Pereira, ligado à Igreja Nacional [leia-se Universal] do Reino de Deus. Ele lembrou que, segundo relatos, o universo evangélico pode alcançar 50 milhões de brasileiros e que Dilma não estava bem nesse segmento. A presidente disse que, em seu governo, nunca tratou de temas polêmicos como a descriminalização do aborto e que, portanto, a oposição não teria como criar um debate sobre o assunto na campanha. Em outro momento, Dilma foi advertida de que há também um desgaste do PT. O representante do PR, deputado Luciano Castro, chegou a dizer no encontro que há uma ‘fadiga de poder’ e que a rejeição é em relação ao PT e não em relação à presidente”, escreveu Camarotti.
Leia mais...

Igreja Renascer anuncia que fará micareta gospel “nos moldes dos carnavais fora de época”

Igreja Renascer anuncia que fará micareta gospel “nos moldes dos carnavais fora de época”

Igreja Renascer anuncia que fará micareta gospel “nos moldes dos carnavais fora de época” A Igreja Renascer em Cristo vai organizar uma festa de micareta “nos moldes do carnaval fora de época”, com presença de artistas gospel e ingressos a R$ 20,00.
O evento “Moocareta” segue o padrão das micaretas realizadas antes e depois do carnaval, mas segundo o site da Igreja Renascer, tem “conceitos muito diferentes” dos eventos seculares: “As músicas possuem letras cristãs, não há venda de bebidas alcoólicas, nem incentivo à sexualidade”, diz a nota.
A previsão dos organizadores é que 2.500 pessoas compareçam ao evento, que será realizado no Renascer Hall, em São Paulo. A renda, que pode alcançar R$ 50 mil (se todos os ingressos forem vendidos) deverá ser destinada ao projeto social “Sou Careta, Drogas Bah”.
Esse projeto é realizado pela Renascer desde 1999, e atua no combate ao vício das drogas através de campanhas de conscientização e construção de Centros de Recuperação e Grupos de Apoio a Usuários e Familiares (GAUF).
A infra-estrutura do local já conta com som e iluminação, estacionamento e ambulatório. Uma praça de alimentação também estará disponível para os foliões gospel.
Entre os artistas convidados, estão a Banda DOPA, que toca axé; banda Perseverança, de samba; o cantor Felipe Lancaster, pop rock; a banda RAJ, pop; e o DJ MP7, que discoteca música eletrônica gospel.
Os veículos de comunicação da Igreja Renascer, como a rádio Gospel FM e a Rede Gospel de Televisão vão cobrir o evento, assim como o portal iGospel.
Assista ao teaser do evento “Moocareta” da Igreja Renascer:

Moocareta 2014
Data: 1 de agosto de 2014, sexta-feira
Horário: a partir das 20 horas
Local: Renascer Hall
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 1290 – Mooca – São Paulo (SP)
Valor do ingresso: R$ 20,00
Pontos de venda: Todas as igrejas Renascer em Cristo da Região Metropolitana de São Paulo e no local do evento
Leia mais...

terça-feira, 22 de julho de 2014

“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes”, lamenta terrorista


“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes”, lamenta terrorista

Guerra em Israel provoca debate de judeus e cristãos sobre intervenção divina

“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes”, lamenta terrorista "O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes"

Circula nas redes sociais uma imagem do jornal Jewish Telegraph com uma entrevista surpreendente. A manchete diz “O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”.
Entre as centenas de compartilhamentos, muitos comentários mostram que existe ceticismo, afirmando que se trata de uma montagem e que o jornal sequer existe.
O Gospel Prime investigou e apresenta a tradução dessa matéria do jornal Jewish Telegraph, que embora de pequena circulação, existe sim. Trata-se de um periódico judeu produzido no Reino Unido. Alguns sites americanos e israelenses reproduziram a matéria, o que deu uma dimensão maior ao caso. A frase destacada na manchete teria vindo de um terrorista, mas ele não é identificado.
jornal jewish telegraph O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes, lamenta terrorista
“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”, lamenta terrorista
Veja abaixo a primeira parte da matéria.
“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”.
Por Barbara Ordman (nascida em Manchester, mas que vive em Ma’ale Adumim, na Cisjordânia)
Em outubro de 1956, o primeiro-ministro David Ben Gurion foi entrevistado pela rede CBS. Ele declarou: “Em Israel, para ser realista, você precisa acreditar em milagres.” Mas o Talmud Yerushalmi diz que, de modo algum devemos depender de milagres. Ensina ainda que não devemos fugir de nossas responsabilidades e apenas esperar por intervenção milagrosa do Sobrenatural.
Um dos terroristas de Gaza foi questionado por que não conseguiam usar seus foguetes de forma mais eficaz. “Nós apontamos para os alvos, mas o Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”
Amém! E quando o nosso Deus não está ocupado fazendo isso, nos deu o poder de criarmos alta tecnologia, para que nossa avançada tecnologicamente criasse o sistema de defesa Domo de Ferro, que ajuda a proteger nosso povo e nossas cidades.”
A jornalista que escreveu o artigo passa a narrar como ela escapou de um ataque de foguetes vindos de Gaza num abrigo construído no subsolo da casa onde ela mora com a família.
Chama a atenção o fato de o site das forças armadas de Israel trazer a afirmação que os ataques por terra do Hamas estão sendo impedidos através de uma “sucessão de milagres” e que “graças aos céus” um grande atentado terrorista perto do Kibbutz Sufa não pode acontecer por causa da “graça dos céus”.
Em diversos sites evangélicos de língua inglesa está sendo divulgado um vídeo do pastor Larry Randolph, com uma profecia trazida por ele dia 13 de março, meses antes do início do conflito. O pastor conta que estava orando por Israel quando viu uma nuvem de poeira sobre a nação tomar a forma de um guerreiro que ele entendeu ser o rei Davi. E uma voz vinda dos céus dizia que estava pronta para lutar e a segurança de Israel não seria comprometida.
Assista:

Leia mais...

Bispo transforma baile funk em igreja evangélica e afirma estar em uma missão de Deus contra o ritmo musical

Bispo transforma baile funk em igreja evangélica e afirma estar em uma missão de Deus contra o ritmo musical

Bispo transforma baile funk em igreja evangélica e afirma estar em uma missão de Deus contra o ritmo musical Antes marcado pela presença de um baile funk, um endereço conhecido no Jardim Paulistano, na zona norte de São Paulo, é agora ocupado pela igreja evangélica “Obra Vida com Deus – Conhecereis a Verdade e Ela Vos Libertará”.
O responsável pela igreja é o bispo Denis Almeida que, segundo a Carta Capital, afirma estar em uma cruzada contra o funk. Definindo-se como um “soldado de Cristo”, o religioso conta que já atuou em diversas denominações, até começar a atuar no Jardim Paulistano. Sobre o local escolhido para a implantação do templo, ele afirma que “ungiu” o lugar e orou durante sete dias antes de iniciar a congregação.
- Por todas as igrejas onde congreguei, esta é a mais marcante. Louvar onde era um funk. Oh, glória meu Deus! É um privilégio. Todos querem saber quem é o pastor que congrega onde era o baile funk – explica o pastor, que afirma ter sido guiado pelo Espírito Santo na escolha pelo local.
A escolha em transformar um antigo baile funk em igreja foi comentada pelo promotor dos antigos bailes funk e dono do galpão que agora é alugado pela igreja, Elson Pereira de Souza, que afirma que será necessário um ano para “exorcizar o local”.
- Vai demorar um ano para exorcizar. Era um ambiente tenso – afirma Souza
- É interessante. De repente, você vê um pessoal de alma tão boa para limpar o ambiente. O baile funk é pesado. No dia que a vizinhança queria descansar, eu abria as portas. Mas não me arrependo. Financeiramente foi muito bom e gerei emprego para muita gente – completou o proprietário do local.
Sobre o ritmo musical que antes imperava no local, o bispo Almeida tem opiniões fortes. Ele afirma que o ambiente proporcionado pelo funk era responsável conduzido pelo diabo, e causava problemas nas famílias e na sociedade em geral.
- Ele destrói as famílias, é o eixo do mal, o próprio diabo. A jovem de 10, 12 anos sai escondida da mãe. Isso veio causar a divisão familiar. O mal veio para promover esses tipos de eventos. As letras vulgares, uma baixaria – afirma o bispo, que diz ter “salvado” vários jovens do funk.
- Quero falar para os jovens que Jesus liberta, dá uma vida de paz. Quantas mães não perderam seus filhos? A igreja trouxe paz para a comunidade. Os moradores esperavam tudo aqui neste lugar, menos uma igreja – completou o bispo, segundo o qual um dia o funk chegará ao fim, pela graça divina.
Afirmando ter sido colocado nessa missão contra o funk por Deus, Almeida afirma que o fim dos bailes funk vai causar uma profunda transformação social em São Paulo.
- Eu acredito que São Paulo vai mudar muito sem o funk, os pais veem os filhos com problemas de drogas porque estão no funk, que também atrai a sensualidade. (…) Elas (frequentadoras de baile funk) precisam ser vulgares e isso tem atraído muita destruição – afirma o bispo.
- Me sinto um predestinado por estar aqui. Não cumpri nem um terço da minha missão. Vou fazer um trabalho benfeito nesse bairro. Oro pelo dono para ele vender o salão. Que ele seja tocado por Deus – completa Denis Almeida.
Leia mais...

Pastor evangélico que foi ator pornô quer ver sua história de vida contada nos cinemas

Pastor evangélico que foi ator pornô quer ver sua história de vida contada nos cinemas

Pastor evangélico que foi ator pornô quer ver sua história de vida contada nos cinemas O ex-ator de filmes pornográficos Giuliano Ferreira é hoje pastor em uma igreja evangélica e lançou um livro onde conta como abandonou a indústria pornô após uma “experiência com Deus”. Intitulado “Luz, câmera, ação e transformação”, o livro lançado recentemente por Ferreira, hoje com 35 anos, conta sua jornada de vida e seu testemunho de transformação. Agora, o pastor afirma que quer ver sua vida contada também em um filme.
Durante sua carreira como ator, Giuliano Ferreira chegou a gravar 300 filmes, onde contracenou com atrizes como Rita Cadillac e Mônica Matos. Sua mudança de vida se deu quando estava em coma em um hospital, onde chegou a ser desenganado pelos médicos. Ele conta que foi naquele momento que teve “uma experiência sobrenatural com Deus”, que mudou sua história.
- Eu estava internado no hospital em coma induzido. Ouvi Deus falando que era para eu parar com tudo e fazer a vontade dele. Depois disso acordei puro. A infecção que tinha tomado conta dos rins e pulmões tinha desaparecido. Nem mesmo os médicos souberam explicar o que aconteceu – afirma o ex-ator pornô.
Hoje, pastor evangélico, ele mora em São Carlos (SP), e afirma que tem como sonho ver a história que conta no livro ser levada para os cinemas como uma mensagem de incentivo para aqueles que querem recomeçar suas vidas.
- Quero mostrar que é possível parar com tudo e recomeçar do nada. É uma mensagem que vale para todos, desde drogados a criminosos. O livro foi um desabafo. Chegou o momento de eu jogar tudo para fora. Vão ver que um cara que já esteve na pornografia e que também já usou drogas conseguiu vencer – afirmou o pastor, em uma entrevista ao G1.
Ao falar da vontade de ver seu livro transformado em filme, o pastor compara sua história com a da ex-garota de programa Bruna Surfistinha.
- A Bruna Surfistinha era uma anônima e estourou por causa de uma baita história de vida. Acho que a minha também é interessante e pode ajudar muito as pessoas – destacou.

Recomeço e críticas

Durante a entrevista, Ferreira falou também sobre como foi sua vida após abandonar a carreira como ator pornô para se tornar pastor evangélico. Fluente em três idiomas, ele relata que trabalhou em hotéis da região de São Carlos como auxiliar de pedreiro. Em momentos mais difíceis de seu recomeço, ele afirma que chegou a passar necessidades financeiras.
- Não tirava nem 10% do que ganhava. Minha esposa ganha R$ 1 mil e eu segurava com bicos. É claro que pensei em voltar. Com uma ligação para a Alemanha, conseguiria ganhar R$ 5 mil em um fim de semana. Para frear meu corpo também foi muito difícil. Foi uma luta da carne contra o espírito. Já melhorou, mas é assim até hoje. Uns têm problemas com drogas, outros com comida ou mentira, a minha luta é contra isso, já que era um atleta do sexo – explica.
Ele respondeu também a críticas de pessoas que o acusam de ter interesse financeiro na religião. Ele afirma que não virou pastor da noite para o dia, e que já foi auxiliar, diácono e presbítero antes de ingressar no pastorado, em 2009. Sobre seu sustento, ele afirma não receber ajuda financeira da igreja, onde está há dez anos, e explica que vive da venda do livro que conta sua história.
Leia mais...

Banda Panic! At the Disco decide doar US$ 20 para ativistas gays a cada cristão que protestar contra a homossexualidade em shows

Banda Panic! At the Disco decide doar US$ 20 para ativistas gays a cada cristão que protestar contra a homossexualidade em shows

Banda Panic! At the Disco decide doar US$ 20 para ativistas gays a cada cristão que protestar contra a homossexualidade em shows A banda pop Panic At The Disco decidiu fazer um contraprotesto e doar US$ 20 para entidades de apoio aos ativistas gays por cada membro da Igreja Batista de Westboro que comparecesse aos seus shows com placas contra a prática homossexual.
Os fiéis da denominação de Westboro são conhecidos por protestar com placas que dizem que “Deus odeia as bichas” (God hates fags, em inglês), e recentemente foram a um show da banda no estado do Kansas para protestar contra o vocalista Brendon Urie, que supostamente seria bissexual.
Ao tomar conhecimento da iniciativa dos fiéis, Brendon publicou no Twitter que doaria US$ 20 para uma campanha de Direitos Humanos em prol dos homossexuais a cada manifestante da Igreja de Westboro que fosse ao evento.
“A Igreja de Westboro diz que hoje vai fazer piquete contra nós. Para cada membro dessa igreja que realmente aparecer, nós vamos doar US$ 20 à campanha #pride2014 de Direitos Humanos”, escreveu Brendon em seu perfil.
Ao final do show, apenas 13 integrantes da Igreja de Westboro tinham comparecido ao protesto, e então o vocalista decidiu aumentar o valor doado para US$ 1 mil, além de acrescentar 5% dos valores que o staff da banda tinha arrecadado com a venda de produtos licenciados durante o show.

Grupo de ódio

A polêmica Igreja Batista de Westoboro ficou conhecida nos últimos anos por seus protestos contundentes contra a homossexualidade e outras questões que, segundo sua liderança,é pecaminoso.
Foram registrados protestos contra os próprios norte-americanos durante funerais de soldados e em até atos em memória às vítimas de tragédia, como no caso da maratona de Boston, por exemplo.
Essa postura levou um grupo de internautas a enviar uma petição online à Casa Branca pedindo que a Igreja de Westboro seja incluída numa lista de entidades que são classificadas como grupo de ódio.
Leia mais...

Pastores bilionários investem dinheiro em campanhas de distribuição de Bíblias em escolas públicas

Pastores bilionários investem dinheiro em campanhas de distribuição de Bíblias em escolas públicas

Pastores bilionários investem dinheiro em campanhas de distribuição de Bíblias em escolas públicas Numa iniciativa de contra-ataque à perseguição religiosa aos valores e princípios cristãos, um grupo liderado por pastores bilionários passou a distribuir exemplares da Bíblia Sagrada nas escolas públicas dos Estados Unidos.
Os pastores Farris e Dan Wilks disseram que resolveram usar “a riqueza que o Senhor abençoou” para dedicar tempo e energia na proteção e difusão de princípios bíblicos, além de levar de volta a Bíblia às escolas.
Os dois irmãos são conhecidos por sua sinceridade ao opinar sobre questões polêmicas, como o aborto, homossexualidade e casamento entre pessoas do mesmo sexo. De acordo com o Christian Post, a iniciativa dos irmãos pastores foi pensada “para começar a ensinar nossos filhos em uma idade mais jovem”.
“Eles são ensinados com outras ideias – sobretudo a respeito da questão gay, a cada dia mais presente no mundo. Então nós temos que nos levantar e explicar que é algo que não é real e não é adequado; Isso não é certo”, disse o pastor Farris Wilks.
O orçamento da dupla contra o liberalismo cultural beira os US$ 200 mil, valor que custeia ações de divulgação da visão de mundo pregada no cristianismo conservador. A ideia é que essas ações dêem um impulso para a criação de um ciclo que coloque o país nos trilhos novamente.
“O inimigo não será capaz de impedir”, diz James Robison, apresentador de TV e entusiasta da campanha. “Eu acredito que nós vamos ver o milagre… Eu já vi o suficiente nas áreas de liderança, tanto na comunidade de fé e na comunidade do mercado, sou livre para acreditar que podemos testemunhar este milagre”, afirma Robison.
Dentre as questões que são abordadas pela campanha dos pastores bilionários estão a restauração da liberdade de fé, comunicação e expressão de princípios, além da conquista de pessoas interessadas em transmitir esses conceitos.
Leia mais...

Na primeira reunião no Templo de Salomão, bispo Edir Macedo se compara ao patriarca Abraão: “Um dia olhei para as estrelas para ter a mesma visão”; Assista

Na primeira reunião no Templo de Salomão, bispo Edir Macedo se compara ao patriarca Abraão: “Um dia olhei para as estrelas para ter a mesma visão”; Assista

Na primeira reunião no Templo de Salomão, bispo Edir Macedo se compara ao patriarca Abraão: “Um dia olhei para as estrelas para ter a mesma visão”; Assista O Templo de Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus já teve iniciada sua temporada de festas de inauguração, e a primeira reunião foi realizada no último sábado, 19 de julho.
Usando kipá e talit, acessórios ritualísticos do judaísmo que representam o temor a Deus, o bispo Edir Macedo fez uma prece na abertura da reunião, e durante sua fala, se comparou a Abraão, dizendo que um dia também olhou para as estrelas para ter a mesma visão” que o patriarca bíblico.
“E hoje, os meus olhos podem contemplar milhares e milhares de pastores, homens de Deus, servos teus, espalhados por todo o mundo, pregando a tua palavra, evangelizando e ganhando almas, tudo porque o Senhor Espírito Santo é o nosso Deus, é o nosso guia, é o nosso Senhor. E no momento oportuno, no momento certo, o Senhor começou a gerar filhos teus. Tornamo-nos como Sara… geramos o primeiro, depois o segundo. E segue gerando, meu Deus, por esses 50 anos de serviço a ti”, disse Macedo.
O site da Igreja Universal do Reino de Deus exaltou o megatemplo que replica em escala maior o templo descrito no Velho Testamento: “Pela primeira vez, bispos e pastores do Brasil e do mundo, juntamente com o líder e fundador da Universal, bispo Edir Macedo, estiveram unidos em uma só fé no maior Altar de Deus aqui na Terra, o Templo de Salomão”.
Frisando a crença de que o Templo de Salomão construído em São Paulo possui representação espiritual, o bispo afirmou em sua prece que deseja ver a obra como um referencial de fé para as pessoas: “Que daqui desse lugar venha emanar a luz do Teu rosto por todos os quatro cantos da Terra, onde quer que tenha alguém assistindo ou participando dessa transmissão. Que o mesmo Espírito da unção se estenda aos aflitos, feridos, cansados e sobrecarregados de injustiças. Todos, indistintamente, sejam tocados”.
Assista, na íntegra, à primeira reunião da Igreja Universal no megatemplo:


Leia mais...

Pastor evangélico se suicida durante protesto ateando fogo ao próprio corpo; Entenda

Pastor evangélico se suicida durante protesto ateando fogo ao próprio corpo; Entenda

Pastor evangélico se suicida durante protesto ateando fogo ao próprio corpo; Entenda O pastor metodista Charles Robert Moore, 79 anos, aposentado das funções ministeriais, cometeu suicídio ao atear fogo ao próprio corpo na cidade de Grand Saline, no estado norte-americano do Texas.
De acordo com a Polícia local, Moore deixou uma carta de despedida afirmando que sua morte era um protesto contra o racismo e uma forma de fazer justiça aos afro-americanos que sofreram com a discriminação no passado.
Na carta, Moore afirma que muitos moradores da cidade que continuam vivos participaram de enforcamentos de negros no passado, e para que os crimes não fosse esquecidos, ele atearia fogo ao próprio corpo.
Segundo o Christian Post, o pastor estacionou seu carro em frente a uma loja e despejou gasolina no próprio corpo para, em seguida, atear fogo. As testemunhas do suicídio disseram que fizeram esforço para apagar as chamas, mas os ferimentos foram muitos e profundos.
Socorrido, o pastor foi levado ao hospital Parkland, em Dallas, mas não resistiu às queimaduras e faleceu. Larry Compton, chefe da Polícia da cidade de Gran Saline, concedeu entrevista ao jornal local Tyler Morning Telegraph, e afirmou que nem quando era investigador do Corpo de Bombeiros havia visto uma carbonização tão intensa.
Em trecho da carta de despedida, o pastor descreve que testemunhou crimes contra negros desde sua infância: “Quando eu tinha uns dez anos de idade, alguns amigos e eu estávamos andando pela rua em direção a um riacho para pegar alguns peixes, quando um homem chamado de ‘Tio Billy’ nos parou e nos chamou em sua casa para tomar um copo d’água, mas seu real propósito era alegremente nos pedir para ajudá-lo a matar um ‘nigger’ [forma racista de se referir a negros] e colocar a cabeça em cima de um poste. Uma região de Grand Saline que era (e talvez ainda seja) chamada de ‘cidade polo’, é o local onde as cabeças foram exibidas. Passaram-se anos, antes que eu soubesse o que o nome significava”, escreveu o pastor Moore.
“Vou completar 80 anos de idade, e meu coração está partido por causa disso. A América (e a proeminente Grand Saline) nunca se arrependeu realmente pelas atrocidades da escravidão e suas consequências. O que a minha cidade natal precisa fazer é abrir o seu coração e suas portas para os negros, como um sinal de rejeição aos pecados passados. Muitos afroamericanos eram linchados por aqui, provavelmente alguns em Grand Saline: enforcados, decapitados e queimados, alguns inclusive ainda vivos. A visão deles me assombra muito. Então, nesta data tardia, tomei a decisão de se juntar a eles, dando o meu corpo para ser queimado, com amor no meu coração, não só para eles, mas também para os autores de tal horror – mas especialmente para os cidadãos de Grand Saline, muitos dos quais têm sido muito gentis comigo e outros que podem ser movidos para mudar a situação aqui”, concluiu.
Leia mais...

Pastor Everaldo Pereira, do PSC, faz promessas políticas durante culto e é acusado de crime eleitoral

Pastor Everaldo Pereira, do PSC, faz promessas políticas durante culto e é acusado de crime eleitoral

Pastor Everaldo Pereira, do PSC, faz promessas políticas durante culto e é acusado de crime eleitoral O pastor Everaldo Pereira (PSC), candidato à presidência da República, fez promessas relacionadas a seu programa de governo a mais de 10 mil fiéis que foram a um culto da Igreja Sara Nossa Terra em Brasília na última sexta-feira, 18 de julho.
Segundo o jornal Estado de Minas, Everaldo foi apresentado ao público como candidato ao Planalto pelo bispo Rodovalho. “Ajude-o, Deus, a derramar esperança a esta Nação”, disse o líder da denominação durante uma oração.
Robson Rodovalho, que já foi deputado federal e perdeu o mandato por causa das regras de fidelidade partidária, concedeu a palavra ao pastor e viu o candidato criticar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e falar de ações que pretende implementar nas áreas de educação, saúde, segurança pública e tributos, caso vença as eleições.
Pereira disse que nasceu pobre e cresceu numa favela no Rio de Janeiro, mas com apoio, conseguiu superar as barreiras sociais: “Naquela época tinha uma escola pública de qualidade. Eu pude estudar, pude ir à universidade, me formar e aproveitar as oportunidades que Deus abençoou e eu tive na vida”, afirmou o pastor.
Atualmente com 3% das intenções de voto, o pastor Everaldo deu mostras de sua visão a respeito de temas polêmicos em discussão na sociedade atualmente: “Casamento é homem e mulher”, pontuou. “Abençoe, Senhor, a vida e a Igreja. Que o seu espírito ajude o Brasil a sair dessas eleições bem melhor”, concluiu.

Crime eleitoral

Na saída do culto, o pastor Everaldo foi questionado sobre a proibição de se fazer campanha em templos evangélicos, mas negou que tenha quebrado as regras: “Eu não pedi voto, só fui apresentado pelo bispo Rodovalho”.
Caso a Justiça Eleitoral entenda que o pastor Everaldo extrapolou os limites com seu discurso, ele pode ser multado com valores que variam de R$ 2 mil a R$ 8 mil.
Leia mais...

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Kerry promete US$ 47 milhões em ajuda humanitária a Gaza


Kerry promete US$ 47 milhões em ajuda humanitária a Gaza

Secretário de Estado americano visita o Cairo para pedir cessar-fogo.
Em 14 dias, conflito já deixou 500 palestinos e 27 israelenses mortos.

 G1
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o secretário de Estado americano, John Kerry, falam a jornalistas nesta segunda (21) no Cairo (Foto: AP Photo/Charles Dharapak, Pool)O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o secretário de Estado americano, John Kerry, falam a jornalistas nesta segunda (21) no Cairo (Foto: AP Photo/Charles Dharapak, Pool)
O secretário de Estado americano, John Kerry, declarou na noite desta segunda-feira (21) que os Estados Unidos enviarão US$ 47 milhões à Faixa de Gaza para ajuda humanitária a civis na região, que se confronta há 14 dias com Israel.

Kerry visita o Cairo com o objetivo de pressionar os países envolvidos no conflito a cessar fogo. Após desembarcar, seguiu para uma reunião com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

"Nós vamos trabalhar para ver se há uma maneira de, não apenas alcançar um cessar-fogo, como também discutir questões subjacentes", disse Kerry no começo de seu encontro com Ban. "Nada será resolvido com qualquer cessar-fogo, seja temporário ou prolongado, sem passar por essas questões em algum ponto e é isso o que precisamos fazer".

Ele também se encontrará com autoridades locais para falar sobre o conflito, que já deixou 500 palestinos e 27 israelenses mortos - sendo dois deles civis.
John Kerry, secretário de Estado americano, é recebido por  Nabil Habashi, ministro egípcio de Assuntos Exteriores, ao chegar ao Cairo na noite desta segunda-feira (21) (Foto: AP Photo/Charles Dharapak, Pool)John Kerry, secretário de Estado americano, é recebi-
do por Nabil Habashi, ministro egípcio de Assuntos
Exteriores, ao chegar ao Cairo nesta segunda (21)
(Foto: AP Photo/Charles Dharapak, Pool)
Mais cedo, Ban Ki-moon afirmou em coletiva de imprensa que a violência entre Israel e Gaza deve "parar imediatamente". "O que temos visto nos últimos dias é inaceitável", disse o secretário.
Ban se reuniu no Egito com o chefe da diplomacia egípcia Sameh Chukri. Ele iniciou no domingo em Doha um giro pelo Oriente Médio para tentar acabar com o conflito.
"Peço a todas as partes que façam a violência parar sem condições e voltem a dialogar", acrescentou.

Também nesta segunda à noite, o chefe da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, pediu ao Hamas, grupo que governa a Faixa de Gaza, que aceita a proposta de cessar-fogo feita pelo Egito para por fim às duas semanas de conflito.

A proposta de Cairo chegou a ser aceita por Israel, mas foi rejeitada pelo Hamas, que quer garantias de que o país judeu e o Egito abrandem significativamente o bloqueio de sete anos à fronteira com Gaza, antes de parar com os bombardeios a Israel.

Milhares de pessoas ficaram feridas e, segundo a ONU, cerca de 100 mil tiveram que deixar suas casas.

Com informações G1
Leia mais...

Assistência religiosa em hospitais vira lei em Piracicaba


Assistência religiosa em hospitais vira lei em Piracicaba

O projeto foi apresentado depois que muitos líderes religiosos serem impedidos de entrarem nos estabelecimentos

Assistência religiosa em hospitais vira lei em Piracicaba 
  Assistência religiosa em hospitais vira lei em Piracicaba

Depois de ser aprovado pela Câmara de Piracicaba (interior de São Paulo), o projeto de lei foi sancionado pelo prefeito Gabriel Ferrato (PSDB) e passa a autorizar “assistência religiosa” nos hospitais, asilos e abrigos para idosos da cidade.
Com a lei, de autoria dos vereadores evangélicos Paulo Campos (Pros) e Luiz Carlos Arruda (PV), os pacientes de instituições públicas e privadas que solicitarem apoio religioso poderão receber padres, pastores e outros líderes espirituais.
Ao justificar a lei, Campos afirmou que muitos religiosos estavam sendo impedidos de entrarem nos hospitais para visitar fiéis. “Faço reuniões com frequência com líderes de várias religiões que me alertaram que muitos que iam orar com os enfermos estavam sendo barrados nos hospitais”, disse ele ao G1.
Mesmo sendo evangélico, o vereador resolveu incluir no projeto representantes de todas as religiões, sem privilegiar nenhuma. “Em geral as famílias do enfermo pedem a presença do sacerdote, para orar pela melhora da pessoa, confortá-la em um momento de aflição”.
Uma lei federal já garante o atendimento religioso em hospitais, abrigos para idosos e asilos, mas em Piracicaba a lei não estava sendo cumprida. A lei municipal amplia esse atendimento até para doentes que estejam em unidades prisionais como cadeias e delegacias. A permissão municipal, porém, não vale para os locais que sejam de administração estadual.

 Com Informações G1.
Leia mais...

Silvio Santos confirma presença na inauguração do Templo de Salomão, da Igreja Universal

Silvio Santos confirma presença na inauguração do Templo de Salomão, da Igreja Universal

Silvio Santos confirma presença na inauguração do Templo de Salomão, da Igreja Universal O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, pretende reunir um grande número de celebridades e políticos na inauguração da réplica do Templo de Salomão construída pela Igreja em São Paulo. Umas personalidades que já confirmou presença na cerimônia é o apresentador Silvio Santos.
A inauguração acontecerá no próximo dia 31 de julho, e a Universal convidou para a cerimônia 2 mil pastores de diversas denominações. Foram convidados também vários políticos, como o prefeito da cidade, Fernando Haddad (PT), que ainda não confirmou presença; o governador do estado, Geraldo Alckimin (PSDB), que também não confirmou se comparecerá; e a presidente Dilma Rousseff (PT), que estará no Templo de Salomão no dia da inauguração, mas não discursará.
Reunindo diversas personalidades, a cerimônia de inauguração do templo deve reunir 10 mil pessoas.
Segundo o TV Foco, o dono do SBT confirmou sua presença no evento durante a gravação do “Programa Silvio Santos” que vai ao ar nesse domingo. Ele afirmou ter sido convidado por Edir Macedo, e brincou que só não teria tempo “de ser do Salomão”.
- Ele me convidou, mas eu disse que eu não tenho tempo de ser o Salomão, mas eu vou. Já falei para ele que eu quero um contrato para eu ser o Salomão. Aí a pessoa chega lá, me faz qualquer pergunta e eu respondo. O que adianta ele fazer um templo e não ter um Salomão? – brincou Silvio Santos.
Leia mais...

Igreja organiza balada gospel para jovens “em busca da costela perdida”; Pastora responsável proíbe “pegação”

Igreja organiza balada gospel para jovens “em busca da costela perdida”; Pastora responsável proíbe “pegação”

Igreja organiza balada gospel para jovens “em busca da costela perdida”; Pastora responsável proíbe “pegação” Uma igreja evangélica em Campo Grande (MT) organizou uma balada gospel chamada “Em busca da costela perdida”, onde centenas de jovens evangélicos interessados em encontrar a outra metade foram dançar e se divertir ao som de música gospel.
Os organizadores do evento foram os pastores Ademir Bueno, 39 anos, e Jack Bueno, 34. O casal é responsável pelo ministério jovem da denominação, e faz questão de frisar as regras: “Os melhores casamentos surgiram de grandes amizades. A festa serve para os jovens ampliarem suas amizades e quem sabe a partir dai construírem um relacionamento e não para ficarem de pegação”, diz a pastora Jack.
Como forma de coibir os casais mais afoitos, a balada conta com doze casais que atuam como “fiscais”, impedindo o agarra-agarra. E a prevenção é explicada pelo pastor Ademir: “[O evento] é a oportunidade de eles conhecerem pessoas e criarem coragem para se relacionar sem se esconder na internet ou no celular”, argumenta.
Os jovens agradecem a iniciativa: “No meio gospel a gente sente dificuldade de encontrar meios para se divertir. Aqui é bom por isso, a gente se sente normal”, resume a estudante Rhayra, de 16 anos, frenquentadora da balada “Em busca da costela perdida”.
Leia mais...