sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Governo petista prioriza gays e travestis no “Minha Casa Minha Vida”

Governo petista prioriza gays e travestis no “Minha Casa Minha Vida”

Capital paulista estabelece norma complementar ao programa federal

Governo petista prioriza gays e travestis no “Minha Casa Minha Vida” 
  Governo petista prioriza gays no "Minha Casa Minha Vida"
Toda vez que se fala na criação de algum tipo de cota no Brasil, os críticos lembram o que diz o artigo 5º da Constituição Federal: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros… a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.
Sendo assim, gera estranheza a nova resolução do Conselho Municipal de Habitação (CMH) da cidade de São Paulo. Ao avaliar as pessoas que receberão as unidades do Programa Minha Casa Minha Vida construídas na cidade, estabeleceu-se uma norma complementar. Segundo a direção do governo petista paulistano, gays em situação de violência, travestis moradores em albergues e índios terão prioridade, segundo informações do jornal Estadão.
O governo federal estabelece que os contemplados devem ser, preferencialmente, moradores em áreas de risco, mulheres que cuidam sozinhas da família e casais de baixa renda com filhos. Mas os municípios parceiros nas obras têm o direito de editar normas complementares.
Em São Paulo, os gays e travestis interessados precisarão provar que vivem em situação de vulnerabilidade. Adriana da Silva, que trabalha na tenda da Secretaria da Assistência Social na Avenida Nove de Julho, conta que “Muitos travestis participaram de invasões recentes para tentar conseguir o bolsa-aluguel (R$ 500 mensais) e arrumar algum lugar para morar. Mas mesmo quem já recebe essa bolsa faz tempo não consegue apartamento do Minha Casa Minha Vida”.
A gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) pretende construir 55 mil até o final de 2016 no projeto. Atualmente, 22 mil unidades do Minha Casa Minha Vida estão em construção na capital paulista.
O presidente da Associação da Parada Gay de São Paulo, Fernando Quaresma, 46 anos, comemora. “Era uma demanda antiga. A questão da violência começa inclusive dentro de casa, na família. Muitos gays expulsos da família em idade de faculdade ou de colégio não têm para onde ir. Essa violência não é só com quem está na rua apanhando”. Conta ainda que muitos travestis não conseguem entrar no mercado de trabalho e vão morar nos albergues da Prefeitura.”
Leia mais...

Acusações contra Dilma no Petrolão podem gerar impeachment, diz jurista Ives Gandra

Acusações contra Dilma no Petrolão podem gerar impeachment, diz jurista Ives Gandra

Acusações contra Dilma no Petrolão podem gerar impeachment, diz jurista Ives Gandra As denúncias feitas contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e o ex-presidente Lula, do mesmo partido, pelo doleiro Alberto Youssef em depoimento à Polícia Federal durante as investigações do escândalo de desvio de fundos da Petrobrás podem gerar um processo de impeachment.
A notícia foi veiculada pela revista Veja numa edição antecipada às vésperas da eleição presidencial, ocorrida no último domingo, 26 de outubro. No exemplar que causou alvoroço entre os eleitores, a revista reproduz trecho do depoimento de Youssef – principal responsável por movimentar o esquema de corrupção enviando os recursos em dólares para contas no exterior -, que afirma que os dois líderes petistas tinham conhecimento do esquema.
No trecho do depoimento, Alberto Youssef é questionado pelo delegado sobre quem seriam as pessoas com conhecimento do esquema de corrupção, e o doleiro resume:
-O Planalto sabia de tudo!
– Mas quem no Planalto? – perguntou o delegado.
– Lula e Dilma – respondeu o doleiro.
Imediatamente após a divulgação da notícia, diversos internautas começaram a clamar por mais investigações e falar em impeachment da presidente, que poderia ser implicada por improbidade administrativa segundo o artigo 85 da Constituição Federal.
O jurista Ives Gandra da Silva Martins concedeu uma entrevista à rádio Jovem Pan e endossou o pensamento no caso de haverem provas contra Dilma Rousseff: “A denúncia é muito grave e chega a ser provável que nós vamos ter pelo menos a abertura de um processo de impeachment. O fato é gravíssimo. Foi utilizada a maior empresa do Brasil para gerar recursos ao partido dos presidentes da República”, frisou.
Ives Gandra destaca que as afirmações do doleiro devem ser olhadas com atenção, afinal ele está depondo em um processo de delação premiada, que tem como regra inegociável a exigência de que ele não minta e apresente provas de suas afirmações, sob pena de, em caso contrário, perder o direito à redução da pena e sofrer um acréscimo de quatro anos à sua condenação.
“Quem pede delação premiada não pode mentir”, explicou Ives. “Se fosse apenas uma mera alegação, essa alegação viria a prejudicá-lo, não beneficiá-lo, porque ele teria que responder pelo crime de difamação”, acrescentou o jurista.
Leia mais...

Hoje é Dia da Reforma Protestante!


Hoje é Dia da Reforma Protestante!

Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero deu início ao movimento protestante



Hoje é Dia da Reforma Protestante! 
  Hoje é Dia da Reforma Protestante!
Dia 31 de outubro de 1517 foi a data escolhida por Martinho Lutero para divulgar suas 95 teses contra o papa e a Igreja Católica. Era o início da Reforma Protestante, que gerou o movimento evangélico. Já leu as teses? Leia aqui.
Pregadas na porta da Catedral da cidade Wittenberg, Alemanha, os argumentos do ex-monge Lutero não pediam que a Igreja se dividisse, mas que passasse por uma reforma teológica, abandonando práticas que contrariavam as Escrituras Sagradas. Rejeitadas pelo Vaticano, foram o início do que seria mais tarde a Igreja Luterana.
Entre as propostas de Lutero estava a de traduzir a Bíblia para que todos pudessem conhecer a Palavra de Deus. Até então isso era privilégio do clero. Foi uma verdadeira revolução no cristianismo. Lutero baseava-se em “5 pilares” que são usados até hoje para definir a fé protestante: “Somente a Escritura, somente a Fé, somente a Graça, somente Cristo e Glória somente a Deus”.
Os ideais se espalharam pela Europa e encontraram eco em vários movimentos similares. Essa é a raiz das igrejas evangélicas que se espalham por todo o mundo até hoje. Embora pouco divulgada pelas igrejas no Brasil, o fato é que a Reforma ajudou a mudar a história.
Prestes a completar cinco séculos, a Reforma continua inspirando milhares de cristãos no mundo inteiro. Em 2012, foi lançada pelo evangélico Orley José da Silva a campanha “500 anos de Reforma, 100 milhões de evangélicos no Brasil”.
Segundo Orley, o número de evangélicos no Brasil hoje gira em torno de 50 milhões. Sua proposta é que cada crente do país se esforce para “evangelizar uma pessoa não cristã, levá-la a decidir-se por Cristo e a discipular” até 31 de outubro de 2017. Assim, no aniversário de 500 anos da Reforma teremos 100 milhões de evangélicos no Brasil. “É claro que somente isto não basta, precisamos urgentemente de um reavivamento bíblico, que reflita profundamente na espiritualidade, na moral e na ética, primeiro da igreja e depois da sociedade”, esclarece.
Leia mais...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Pastor pede afastamento de Manoel Ferreira da presidência da Assembleia de Deus Ministério Madureira

Pastor pede afastamento de Manoel Ferreira da presidência da Assembleia de Deus Ministério Madureira

Pastor Enoque Lima afirma que o presidente da CONAMAD teria que ser afastado por apostasia
p
O pastor Enoque Lima protocolou na convenção da CONAMAD (Convenção Nacional das Assembleias de Deus – Ministério Madureira) em Brasília um documento pedindo o afastamento do bispo Manoel Ferreira da presidência e até mesmo sua exclusão por apostasia.
Lima vem há tempos denunciando a suposta aproximação entre o líder da AD Madureira com o reverendo Moon. Através de vídeos e documentos o pastor assembleiano tem alertado a todos da CONAMAD sobre os perigos que essa ligação entre o bispo e o reverendo que se auto intitula como “Messias” podem trazer.
Recentemente o pastor Enoque Lima concedeu uma entrevista exclusiva ao Gospel Prime comentando sobre o caso e falando os motivos que o fizeram se levantar contra essa relação, que segundo, ele tem interesses políticos.
Ao protocolar o tal documento, ele juntamente com seu advogado, esperaram por uma resposta da CONAMAD por 72 horas, mas a convenção não respondeu e diante da falta de uma posição Lima entendeu que a organização se omitiu diante do caso.
“Primeiramente, desejo esclarecer as eventuais duvidas, explicar o uso de minhas atribuições como ministro do evangelho no comentado “Caso Moon Ferreira” na internet e exigir o afastamento do Bispo Manoel Ferreira da presidência da CONAMAD por ter profanado o nome de Jesus e sua santa igreja”, diz trecho do documento que contém sete páginas.
O pastor Enoque Lima fez questão de falar sobre todo o caso que ele vem estudando e apresentou novamente aos membros da CONAMAD, pedindo uma providência contra o bispo, dizendo que se a convenção não se pronunciasse estaria comprovando seu apoio ao “Caso Moon Ferreira”.
Leia o documento:
Á MESA DIRETORA E A COMISSÃO DE DOUTRINA DA CONVENÇÃO NACIONAL DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL – MINISTÉRIO DE MADUREIRA
Enoque Vieira Lima, brasileiro, casado, residente e domiciliado na rua 06 quadra 05 lote 05 Vila Xavier –Fama, Goiânia- Goias membro da CONAMAD (Convenção das Assembléias de Deus Madureira), ministro do evangelho desde 9 de Outubro de 1994. CONAMAD – MATRICULA 10924, Goiás, Campo 09-015-001 FAMA – SEDE (FAMA é o nome do bairro), congregação 09-015-001 – FAMA – SEDE sob a presidência do pastor Abigail Carlos de Almeida, vem por intermédio do seu advogado, infra-assinado, exigir no prazo de 72 horas posicionamento da CONAMAD sobre o conteúdo do presente  documento com resposta encaminhada ao endereço infra relacionado.
Presumindo-se que a não apresentação de resposta formal no referido prazo dar-se-á por entendido que a CONAMAD APOIA a aliança do Bispo Manuel Ferreira com o auto intitulado MESSIAS REV. MOON. Bastando o presente documento como prova para as demais medidas legais a serem tomadas.
DOS FATOS:
A descrição fática do presente documento será feita in verbis pelo pastor Enoque Vieira Lima e encerrada com as assinaturas do próprio pastor e de seu advogado Dr. Matheus Diniz Sathler Garcia.
“Primeiramente, desejo esclarecer as eventuais duvidas, explicar o uso de minhas atribuições como ministro do evangelho no comentado “Caso Moon Ferreira” na internet e exigir o afastamento do Bispo Manoel Ferreira da presidência da CONAMAD por ter profanado o nome de Jesus e sua santa igreja.
Realizei uma profunda pesquisa sobre o denominado “Caso Moon Ferreira”, encontrei fatos estranhos que de imediato nos mostra apostasia e heresia do Bispo Manoel Ferreira.
Em evento que aconteceu na igreja sede da Assembléia de Deus de Brasília-DF (igreja da baleia) dia 11 de outubro de 2011 com a realização do Festival Global da Paz por pastores do reverendo Moon pregando uma mensagem de falsa paz do reverendo Moon “que todos os caminhos levam a Deus (YAWEH)”. Eles usaram as dependências de nosso templo (prédio da igreja) e profanaram o altar do nosso Deus vivo, atitude condenada pela Palavra de Deus e pelo nosso Estatuto.
O Reverendo Moon, líder da seita “Igreja da Unificação”, afirma que Jesus Cristo falhou em sua missão de salvação do seu povo dos seus pecados e que ele (Rev. Moon) é o verdadeiro messias, e sua missão é congregar todas as famílias da terra em torno dele. Para os adeptos da seita, a única possibilidade de redenção e salvação é a afiliação à família Moon e não o arrependimento dos pecados pessoais e a fé no nome do Senhor Jesus Cristo.
É conhecido o louvável zelo da CONAMAD com relação a associação ecumênica com outras entidades religiosas. Entretanto, se fizermos uma analise bíblica levando em consideração provas obtidas em vídeos e testemunhos pessoais podemos constatar que o bispo MANOEL FERREIRA, maior líder da nossa igreja, profanou o LOCAL de reunião de nossa igreja em Brasília com a anuência de diversos pastores, entre eles o PASTOR E DEPUTADO FEDERAL RONALDO FONSECA, que estavam no púlpito no dia do evento ecumênico do GLOBAL DA PAZ sem QUALQUER reação contrária ao que foi pregado.
Se não bastasse a presença de tantos líderes, na nossa igreja no dia do evento, trago no presente documento um resumo de tudo o que já é sabido pela nossa convenção mas que é tratado com silêncio sepulcral!
O “Caso Moon Ferreira” que por mim foi exposto na Internet (youtube), se refere a vídeos com a pessoa do bispo Manoel Ferreira e seu envolvimento com a seita da Unificação do Reverendo Moon.
Os vídeos do “Caso Moon Ferreira são as provas da associação entre o líder principal da Assembléia de Deus Ministério Madureira e presidente da CONAMAD, bispo Manoel Ferreira, e o reverendo Moon, líder da seita “Igreja da Unificação”, da Coréia do Sul. Os vídeos foram editados e postados por mim, pastor Enoque Lima, da AD Madureira Goiás. Os quais tenho para eventual verificação da veracidade com mais de 30 gigas de tamanho.
A associação do bispo Manoel Ferreira com o reverendo Moon é injustificável perante a Palavra de Deus e o estatuto da Convenção a que pertencemos. “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos?” [2 Coríntios 6:14-18].
O ESTATUTO DA CONAMAD não deixa duvidas quanto a esse assunto, no CAPÍTULO IV, Subseção II, DOS DEVERES DO MEMBRO.
Dos deveres do membro da CONAMAD:
Art. 12[...]
Parágrafo XIII. Rejeitar movimentos ecumênicos discrepantes […]
Na subseção III DAS VEDAÇÕES DO MEMBRO
É vedado ao membro da CONAMAD:
Art. 13[...]
Parágrafo III. Vincular-se a qualquer tipo de sociedade secreta;
Parágrafo IV. Vincular-se a movimento de cunho ecumênico[…]
Não podemos descumprir as normas estatutárias que deixam claro ao membro: “não participar de movimento de cunho ecumênico, devendo rejeitá-lo”.
As menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, fiz a respeito da doutrina, das crenças da igreja da Unificação, do bispo Manoel Ferreia, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da “argumentação”, ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias.
Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para ideias, doutrinas e posturas.
Na proteção legal de meu oficio ministerial é importante esclarecer que em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercito-me das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato” (inciso IV) e “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de meu oficio ministerial também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que “é inviolável a liberdade de consciência e de crença”.
O “Caso Moon Ferreira” não trata de mero denuncismo, mas de provas cabais de que o bispo Manoel Ferreira apostatou da fé e está dando ouvidos à doutrinas de demônios.
Assim sendo, penso que não resta outra opção a nós pastores da Assembléia de Deus – Ministério Madureira, ministros do evangelho e membros da CONAMAD – a não ser a oposição aberta ao bispo Manoel Ferreira e suas doutrinas de demônios como também a sua exclusão da convenção por apostasia. Omitirmos em uma situação como esta significa ser conivente com sua apostasia, a qual vem manchando não só a integridade do bispo, mas da nossa querida denominação.
Apesar de todas as evidencias com provas irrefutáveis (vídeos “Caso Moon Ferreira”), até o presente momento não houve nem uma manifestação publica da CONAMAD que deveria, no mínimo, apresentar uma nota de repudio e esclarecimento, providenciando o afastamento cautelar do bispo da presidência nacional da Convenção Nacional (CONAMAD).
É sabido, que o Bispo Manoel Ferreira não mantém o monopólio da AD Madureira, apesar de usar seu nome e sua estrutura nos eventos do rev. Moon. Teríamos que ser surdos, mudos e cegos para não saber que qualquer evento patrocinado pelo rev. Moon envolve influência satânica e a presença do sistema da Nova Ordem Mundial. O que não tememos mas antes a denunciamos abertamente.
Não posso calar-me. O alinhamento da igreja a que pertenço através de seu líder, é infernal e altamente preocupante, pois esta ocorrendo uma transformação de atitudes e valores cristãos em nossa base doutrinaria, e em nosso credo.
O bispo Manoel Ferreira e o rev. Moon estão se tornando parceiros na atual experiência de salvação e na visão de mundo para a criação de uma sociedade global unificada. Não podemos nos conformar com o sistema da unificação e da paz global sem Jesus Cristo nascido da virgem Maria através do Espirito Santo de Deus.
Nem podemos usar as teologias satânicas do rev. Moon que falam que Jesus nasceu de um ato sexual de Maria com o sacerdote Zacarias. Como também, outras tantas doutrinas que disfarçadas de luz e de termos e frases bíblicas deturpam a Palavra de Deus e nos fazem voltar as costas para Jesus Cristo, nossa única fonte verdadeira de unidade, salvação e de verdadeira paz. A qual não é e jamais será a que o mundo nos dá!
“Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” [1 Coríntios 3:11].
“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe… aparta-te dos tais.” [1 Timóteo 6:3, 5]
DO PEDIDO:
Por tudo exposto no presente documento requer que seja(m):
Que o bispo Manoel Ferreira seja afastando preventivamente da presidência da CONAMAD, até que os fatos constantes no presente documento sejam investigados e devidamente comprovados.
O presente documento seja analisado no prazo improrrogável de 72 horas, como posto no início do documento. Presumindo-se que a não apresentação de resposta formal no referido prazo dar-se-á por entendido que a CONAMAD APOIA a aliança do Bispo Manuel Ferreira com o auto intitulado MESSIAS REV. MOON. Bastando o presente documento como prova para as demais medidas legais a serem tomadas.
Notificado TODOS os pastores e líderes da CONAMAD presentes no evento ecumênico do GLOBAL DA PAZ no dia 11 de outubro de 2011, inclusive o deputado Distrital e pastor Benedito Domingos, para apresentarem justificativa do porque não interromperam a pregação satânica do enviado do reverendo Moon ao falar que “todos os caminhos levam a Deus (YAWEH)”
Enviado notificação à CGADB e CEADDIF bem como ao deputado Federal e Pastor Ronaldo Fonseca solicitando esclarecimentos sobre sua participação no evento GLOBAL DA PAZ como também se o mesmo se deu com o apoio das respectivas convenções.
Nestes termos pede deferimento
Brasília-DF, 30 de janeiro de 2011
Leia mais...

Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas

Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas

Levantamento da Lifeway mostra que evangélicos não conhecem doutrinas básicas do cristianismo

Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas Pesquisa mostra que evangélicos não conhecem doutrinas básicas
A mais recente pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas LifeWay é intitulada “Americanos acreditam no céu, inferno e em algumas heresias”. Encomendada pela Ligonier Ministries e publicada ontem (28), recebeu destaque em vários sites de conteúdo evangélico.
O material revela que muitos evangélicos americanos têm opiniões “heterodoxas” sobre a Trindade, a salvação, e outras doutrinas. Segundo os padrões dos conselhos mais importantes da Igreja primitiva, essas posturas seriam consideradas heréticas.
Os pesquisadores fizeram 43 perguntas sobre fé, abordando temas como pecado, salvação, Bíblia e vida após a morte. A pesquisa feita com 3 mil pessoas tem uma margem de erro de 1,8% e seu nível de confiança é de 95%.
As principais conclusões do estudo são que embora a imensa maioria – 90% dos evangélicos e 75% dos católicos – acredite que o céu é um lugar real, cerca de 19% dos evangélicos (67% dos católicos) acreditam que existem outros caminhos para chegar lá que não seja através da fé em Jesus.
Por outro lado, 55% dos evangélicos dizem que o inferno é um lugar real, contra 66% dos católicos. Na média, os americanos não parecem muito preocupados com o pecado ou em irem para o inferno depois de morrer. Dois terços (67%) dizem que a maioria das pessoas são basicamente boas, apesar de todos os seus pecados. Apenas 18% acredita que até mesmo pequenos pecados podem resultar em condenação eterna, enquanto pouco mais da metade (55%) dizem que Deus tem “um lado irado”.
A importância desse tipo de levantamento é a grande influência que a igreja americana tem sobre a maioria das igrejas do mundo ocidental. Segundo Stephen Nichols, diretor acadêmico da Ligonier, os dados mostram “um nível significativo de confusão teológica”. Muitos evangélicos não têm visões em harmonia com a Bíblia sobre Deus ou os seres humanos, especialmente em questões de salvação e do Espírito Santo, acrescentou.
Alguns pontos têm variação expressiva dependendo da tradição teológica a que a pessoa entrevistada pertence. Porém, em algumas questões os resultados surpreendem. Em alguns casos, o problema parece ser mais a falta de informação.
Menos da metade (48%) acredita que a Bíblia é a Palavra de Deus, sendo que 50% dos evangélicos e 49% dos católicos dizem que ela é “útil, mas não uma verdade literal”.
visao teologica sobre a biblia Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas
Ao mesmo tempo, por exemplo, apenas 6% dos evangélicos acham que o “Livro de Mórmon” é uma revelação de Deus, enquanto outros 18% “não tem certeza e acham que pode ser”. Possivelmente desconhecem que os mórmons são uma seita e que, para eles, Jesus e o Diabo são irmãos, filhos do Deus-pai, que vive em outro planeta.
Perguntados sobre a natureza de Jesus, um terço (31%) disse que Deus, o Pai é mais divino do que Jesus, enquanto 9% não tinham certeza. Além disso, 27% dizem que Jesus foi a primeira criação de Deus, e outros 11% não tinham certeza.
tabela jesus e deus Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas
No segundo e terceiro século, proeminentes teólogos e líderes da igreja debateram por muito tempo sobre a natureza. O concílio ecumênico da Igreja em Nicéia, no ano 325, e o concílio ecumênico de Constantinopla, em 381 declararam sua rejeição a qualquer ensinamento que defendia que Jesus não era um com o pai, da mesma substância. Logo, tratar Jesus como um ser criado e menor que Deus-Pai não é um ensinamento cristão, embora permaneça sendo ensinado por seitas como os mórmons e os Testemunhas de Jeová.
Na mesma época, concílios ecumêmicos também esclareceram que a Trindade era composta por Pai, Filho e Espírito Santo, sem diferença de essência ou hierarquia entre eles. Quando questionados sobre a pessoa do Espírito Santo, os evangélicos de 2014 revelam posturas ainda problemáticas. Mais da metade (58%) disse que o Espírito Santo é uma força, não uma pessoa. Enquando 7% disse não ter certeza. Sobre o Espírito Santo ser menos divino do que Deus Pai e Jesus, 18% concordaram e o mesmo percentual respondeu “não sei”. Já dois terços dos católicos (75%) responderam acreditar que o Espírito Santo é apenas uma “força divina”.
tabela espirito santo Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas
A natureza humana e a salvação são outras áreas que mostram confusão nas respostas. Dois em cada três evangélicos (71%) dizem que uma pessoa será salva se buscar a Deus primeiro, e depois Deus responde com sua graça. Uma percentagem semelhante (67%) disse que as pessoas têm a capacidade de se converter a Deus apenas por sua própria iniciativa. Ao mesmo tempo, mais da metade (56%) disse que as pessoas têm de contribuir para a sua própria salvação.
tabela graca Pesquisa mostra as heresias mais comuns nas igrejas modernas
Essa parece ser a questão que ainda suscita mais debate. A tradição mais comum entre católicos romanos, ortodoxos e aguns ramos protestantes defende que os seres humanos cooperam com a graça de Deus na salvação. O ensinamento cristão histórico em todos os ramos é que qualquer ação por parte do homem será apenas uma resposta à obra do Espírito de Deus.
Ao serem perguntados sobre a igreja local, 52% acreditam que não há necessidade de pertenceram a uma igreja, pois buscar a Deus sozinho tem o mesmo valor que a adoração comunitária. Ao mesmo tempo, 56% disseram crer que o sermão do pastor não tem “qualquer autoridade” sobre eles. Quarenta e cinco por cento dos entrevistados acredita que tem o direito de interpretar as Escrituras como quiserem.

Teólogos comentam

A revista Christianity Today consultou teólogos sobre os resultados da pesquisa. Para Nichols, a Ligonier apenas está verificando o que muitos pastores já sabem: as pessoas não conhecem sua fé a fundo.
Timothy Larsen, professor do pensamento cristão no Wheaton College, afirma que isso só poderá ser revertido com mais discipulado bíblico. John Stackhouse, professor de teologia no Regent College, em Vancouver, é enfático: “Um sermão no domingo e um estudo bíblico simples durante a semana não é suficiente para informar e transformar a mente das pessoas para seguirem a teologia cristã ortodoxa.”
Ele acredita que é preciso mais empenho dos que pregam para deixar claro o que a Bíblia ensina sobre essas questões-chaves. Opinião parecida tem Beth Felker Jones, professora de Teologia no Wheaton College: “Os líderes da Igreja precisam ser capazes de ensinar a verdade da fé com clareza e precisão, e nós precisamos ser capazes de mostrar às pessoas por que isso é importante para as nossas vidas.”
Howard Snyder, ex-professor de em vários seminários conhecidos, enfatiza que a doutrina da Trindade não é um “conceito teológico abstrato, mas uma verdade cristã fundamental que nos informa sobre o Deus que adoramos, que somos como seres humanos, e toda a criação”.
Na análise do diretor da LifeWay, Ed Stetzer, o evangélico médio “gosta de acreditar em um tipo de Deus quase cristão, com doutrinas incompletas”.
Leia mais...

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Igreja Lagoinha - Niteroi é comparada com boate

Igreja Lagoinha - Niteroi é comparada com boate



    
A filial da Igreja Batista da Lagoinha em Nitéroi-RJ, comandada Pelos pastores Felippe e Mariana Valadão, foi pauta para vários sites de noticias gospel essa semana, depois que o colunista social Léo Dias, do Jornal O Dia afirmou que a igreja tem "cara de boate"

A observação foi feita levando em consideração a fachada do prédio, que inclusive já teve nesse endereço várias casas noturnas famosas.


Apesar da própria Mariana Valadão se mostrar avontade com o titulo atribuído, surge uma grande preocupação por parte de alguns líderes de dentro da própria Lagoinha.

É muito modismo, não tem como negar que eles querem modernizar a igreja para parecer ao máximo com a igreja americana.

Quem acompanha a evolução da igreja cristã nos Estados Unidos, sabe que estão perdendo o foco.

Levaram as coisas do mundo para dentro da igreja, e essa igreja lagoinha aqui, está trilhando o mesmo caminho.

Que venham os moderninhos defendendo nos comentários.

           Se você é evangélico ou católico, clique em curtir

 Com informações  O Fuxico Gospel
Leia mais...

Suzane Von Richthofen se casa com sequestradora na prisão

Suzane Von Richthofen se casa com sequestradora na prisão



Suzane Von Richthofen se casou, em setembro, com uma sequestradora dentro da penitenciária de Tremembé, no interior paulista. Suzane foi condenada a 38 anos e seis meses pela morte dos pais, em outubro de 2002.

Quando se casou, ela trocou a ala das evangélicas e passou a habitar a cela das presas casadas.

        

A mulher de Suzane, Sandra Regina Gomes, foi condenada a 27 anos de prisão por sequestrar uma empresária.

Sandra era casada com Elize Matsunaga, presa pela morte do marido, Marcos Matsunaga, em junho de 2012, também evangélica.

Pessoas que conversaram com Suzane recentemente afirmam que ela pretende fazer uma cerimônia no começo de novembro para comemorar a união.


                                  Nota do Blogger

A um tempo atrás eu postei uma matéria falando da conversão  de Suzane ao cristianismo mas hoje venho fazer ao contrario pois infelizmente não era nada do que eu pensava veja o vide a baixo como esta Suzane hoje 

    
Leia mais...

Dilma diz que defenderá regulação da mídia e criminalização da homofobia

Dilma diz que defenderá regulação da mídia e criminalização da homofobia

Medidas podem afetar liberdade das igrejas e da imprensa

Dilma diz que defenderá regulação da mídia e criminalização da homofobia 
  Dilma defenderá criminalização da homofobia e regulação da mídia
Na noite desta terça (28) a presidente reeleita Dilma Rousseff deu uma entrevista ao “SBT Brasil”, onde falou sobre algumas das propostas que defenderá no seu segundo mandato. Entre elas estão dois assuntos bastante polêmicos, como a regulação da mídia e o projeto de lei 122/2013, que criminaliza a homofobia.
Embora muitos temam que uma regulamentação da mídia seja sinônimo de censura, Dilma afirmou: “Não vou regulamentar a mídia no sentido de interferir na liberdade de expressão. Vivi sob a ditadura. Sei o imenso valor da liberdade de imprensa. Agora, como qualquer setor econômico, ela [a mídia] tem que ter regulações econômicas”, segundo o portal UOL.
Ainda durante o período eleitoral, Dilma já avisara que tinha “compromissos com a população LGBT”, e no portal oficial de sua campanha, explicitava seu desejo de garantir “o direito à união estável e à adoção de crianças, bem como o reconhecimento social das famílias homoafetivas”.
No programa do SBT, voltou a defender a criminalização da homofobia, que classificou de “barbárie”. Ao ser questionada sobre o casamento de pessoas do mesmo sexo, Dilma apenas defendeu que o Supremo Tribunal Federal já reconheceu a união civil de homossexuais.
Ao falar em “desenterrar” a PL 122, Dilma mostra por que perdeu este ano o apoio de vários políticos evangélicos que estavam ao seu lado em 2010. Mesmo tendo se comprometido em não mexer nas leis que contrariavam as bandeiras históricas da bancada evangélica, a presidente retoma um assunto que durante ano foi combatido por lideranças religiosas católicas e evangélicas.
Criado em 2006 pela senadora petista Marta Suplicy, a PL 122 sempre foi motivo de polêmica, pois poderia caracterizar como crime, por exemplo, qualquer pastor que pregue contra a homossexualidade. Em 2012, o deputado Marco Feliciano já pedia que houvesse uma mobilização nacional dos que são favoráveis à liberdade de expressão e dos que não concordam com a ideologia homossexual.
“Sem isso seremos amordaçados e punidos por não concordarmos com tais atitudes e comportamentos e perderemos o direito da livre expressão do pensamento conquistada e garantida pela declaração de direitos humanos”, aponta.
No ano passado, o senador Magno Malta (PR-ES) já alertava: “Não adianta na época de eleições tomar café com pastor, visitar as igrejas e depois de eleitos, defenderem projetos contra a família, da forma que foi concebida por Deus. Nós vamos nos posicionar contrários aos políticos que defendem essa ideologia homossexual”.
Ainda objeto de especulação, ao falar em regulação da mídia, muitos analistas afirmam que isso poderá prejudicar as igrejas que compram espaço no rádio e na televisão para exibir programas religiosos.
Outro aspecto que chama atenção quando se fala no assunto é que essa é uma pauta definida como prioritária pelo Foro de São Paulo, organização criada em 1990 por Fidel Castro, “com o propósito de ser um aparato unificador do comunismo em toda a América Latina. Sua intenção foi dar um novo alento ao regime comunista de Cuba após a queda do muro de Berlim e a descida da União Soviética. A ideia, em 1990, era tomar inicialmente o controle de dois países poderosos da América Latina: Brasil e Venezuela, para desde lá financiar a rendição do resto da América Latina aos pés do castro-comunismo”.
Nos últimos anos, foram aprovadas normas para regulamentar a mídia na Venezuela (2000), na Argentina (2009) e na Bolívia (2011). Isso aconteceu ao mesmo tempo em que esses governos se aproximavam dos ideais socialistas e que acarretou no enfraquecimento das oposições.
Leia mais...

Reverendo diz que Jean Wyllys é o maior opositor dos valores cristãos

Reverendo diz que Jean Wyllys é o maior opositor dos valores cristãos

Hernandes Dias Lopes contesta escolha do ex-bbb como representante da juventude

Reverendo diz que Jean Wyllys é o maior opositor dos valores cristãos 
  Reverendo diz que Wyllys é o maior opositor dos valores cristãos
O reverendo Hernandes Dias Lopes escreveu um desabafo em seu Facebook contestando a escolha da presidente Dilma em escolher o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) como representante da juventude brasileira.
O pastor presbiteriano citou que o ex-BBB é um dos principais combatentes do cristianismo e que tem entre seus projetos de lei propostas como a profissionalização da prostituição, liberação das drogas, cirurgia de mudança de sexo para pré-adolescentes e a descriminalização do aborto.
Dias Lopes afirmou que o parlamentar “é hoje o maior opositor dos valores morais que devem governar a família como Deus a instituiu e como a Constituição Federal a garante” e é “talvez o mais ferrenho opositor da igreja cristã no Brasil”.
Diante disso o pastor questiona: “Como esse cidadão pode representar a juventude brasileira? Qual é o futuro que queremos para a juventude brasileira?”.
O reverendo lembrou da enquete produzida pelo site Nova Guia onde 90% das respostas dizem não se sentir representadas por Jean Wyllys. “Jamais devemos deixar de defender os valores morais em nossa sociedade. Jamais deveremos deixar de defender a família brasileira!”
Leia mais...

Missionário é indiciado por morte de adolescente durante batismo


Missionário é indiciado por morte de adolescente durante batismo

O adolescente de 15 anos foi levado pelas águas e seu corpo foi achado quatro dias depois

Missionário é indiciado por morte de adolescente durante batismo 
Missionário é indiciado por morte de adolescente durante batismo
Um missionário da cidade de Restinga Seca, no Rio Grande do Sul, foi indiciado por homicídio culposo pela morte de um adolescente de 15 anos que morreu afogado durante uma cerimônia de batismo.
O ritual foi organizado pela Igreja Evangélica Senhor Jesus Cristo no dia 19 de setembros às margens do Rio Jacuí, o jovem Rafael Carvalho foi levado pelas águas e seu corpo só foi encontrado quatro dias depois.
Para a delegada Elisabete Shimomura, responsável pelo caso, o missionário foi imprudente e por esse motivo foi indiciado pela morte do garoto. A polícia chamou para depor sete testemunhas que estavam no local no dia do batismo e ainda os familiares de Rafael e os responsáveis pela igreja.
A mãe do jovem disse que não sabia que ele seria batizado e que apenas sua filha participaria da cerimônia. O pastor responsável pela igreja afirmou na delegacia que não sabia do batismo e o missionário que está sendo culpado chegou a prestar depoimento em setembro e logo foi liberado pela Polícia. Com informações G1.
Leia mais...

Cantor gospel é morto a pedradas no agreste de Pernambuco; Polícia ainda não tem pistas

Cantor gospel é morto a pedradas no agreste de Pernambuco; Polícia ainda não tem pistas

Cantor gospel é morto a pedradas no agreste de Pernambuco; Polícia ainda não tem pistas Um cantor gospel foi assassinado a pedradas após se apresentar em um culto numa igreja evangélica da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, região do agreste de Pernambuco.
O corpo do cantor foi localizado pela Polícia em um terreno baldio do distrito de Poço Fundo, com marcas de pedradas. O carro da vítima foi encontrado em uma garagem próxima ao local, segundo informações do G1.
O homem de 32 anos era de Recife, capital do estado, e havia visitado uma igreja em Santa Cruz do Capibaribe na última quinta-feira, 23 de outubro, para cantar.
Os parentes e amigos do cantor deverão ser ouvidos pelo Polícia durante as investigações, assim como moradores do distrito de Poço Fundo.
A Polícia não repassou informações a respeito de pistas e evidências coletadas na cena do crime sob o argumento de  não prejudicar o andamento das investigações. A motivação para o crime ainda é uma incógnita, e o cantor pode ter sido vítima de um crime de intolerância religiosa, embora ainda seja cedo para chegar a alguma conclusão.
Leia mais...

Silvio Santos pede homenagem ao bispo Edir Macedo no Conexão Repórter, diz jornalista

Silvio Santos pede homenagem ao bispo Edir Macedo no Conexão Repórter, diz jornalista

Silvio Santos pede homenagem ao bispo Edir Macedo no Conexão Repórter, diz jornalista O bispo Edir Macedo será homenageado pelo SBT a pedido do empresário e apresentador Silvio Santos, dono da emissora.
O líder da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da TV Record será o tema de uma reportagem do programa jornalístico Conexão Repórter, apresentado por Roberto Cabrini.
De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco publicadas no jornal Diário de S. Paulo, o pedido para homenagear o bispo da Universal foi feito por Silvio Santos diretamente a Cabrini. Numa ligação telefônica, Silvio teria pedido ao apresentador que fizesse uma reportagem sobre o líder religioso abordando toda sua trajetória de vida até a inauguração do Templo de Salomão.
Silvio Santos  também teria pedido a Cabrini para produzir outras duas matérias especiais no mesmo teor: uma sobre a biografia de Roberto Marinho, fundador do Grupo Globo e já falecido; e uma sobre Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, e seu pai, João Jorge Saad, fundador da emissora paulista e falecido em 1999.
O apresentador teria dito ao jornalista Roberto Cabrini que nutre grande admiração por esses empresários, que foram um dos pioneiros no ramo da comunicação no Brasil e que são seus concorrentes.

Templo de Salomão

Silvio Santos é judeu e fez reiterados elogios a Edir Macedo pela iniciativa de construir uma réplica em escala aumentada do Templo de Salomão em São Paulo. Para o proprietário do SBT, a ideia de construir o megatemplo pode ser considerada “única”.
A obra durou pouco mais de quatro anos e teve um custo total de R$ 685 milhões, que foram arrecadados a partir de doações de fiéis da Igreja Universal.
O Templo de Salomão tem capacidade para 10 mil pessoas sentadas, e as pedras usadas no revestimento da fachada foram importadas de Israel, para emprestar semelhança arquitetônica das edificações erguidas no país ao megatemplo da Universal.
Leia mais...

Jean Wyllys presta queixa na PF contra pastor que compartilhou piada como se fosse notícia

Jean Wyllys presta queixa na PF contra pastor que compartilhou piada como se fosse notícia

Jean Wyllys presta queixa na PF contra pastor que compartilhou piada como se fosse notícia O compartilhamento de um texto fictício como se fosse real sobre o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) e seus aliados na militância homossexual rendeu uma queixa à Polícia Federal por parte do parlamentar contra o pastor que republicou o texto.
O “hoax” compartilhado pelo pastor Davi Morgado, da Rede Promessa, como se fosse uma notícia verdadeira, foi um texto do site de humor Sensacionalista.
De acordo com Jean Wyllys, após a publicação no site da Rede Promessa, ele recebeu agressões verbais e ameaças de morte de fiéis que acreditaram no texto fictício.
A “matéria” em questão afirmava que Wyllys iria propor a proibição do casamento de evangélicos para evitar que os fiéis tivessem filhos. No entanto, o slogan do site de humor é bastante sugestivo quanto ao teor de suas publicações: “Isento de verdade”.
“Acabo de protocolar mais uma denúncia à Polícia Federal contra a Rede Promessa e seu responsável, Pastor Davi Morgado, que em seu perfil pessoal divulgou uma matéria fictícia que dizia que uma suposta bancada de deputados que eu comandaria quer proibir o casamento entre evangélicos como forma de contra ataque às tentativas de proibir o casamento igualitário. A matéria foi criada por um site de deboche, que cria matérias fictícias e irônicas por diversão e que, originalmente, foi muito compartilhada por quem depreendeu, dela, a ironia e a proposital inversão de sujeitos a fim de demonstrar quão ridícula é a interferência da bancada fundamentalista em um assunto exclusivamente de âmbito civil”, escreveu Jean Wyllys em seu perfil no Facebook.
O ativista gay acrescentou que deu queixa contra o pastor por conta da repercussão que a publicação do texto de humor como se fosse uma notícia verdadeira gerou: “A internet está cheia deste tipo de blogs que criam notícias fictícias. Alguns avisam seus usuários de que o conteúdo não é verdadeiro. Até aqui, tudo bem. O problema é quando alguém, intencionalmente, resolve transformar a mentira em verdade, a fim de manipular a opinião de pessoas – e são muitas as que são incapazes de sequer procurar e confirmar a fonte ou veracidade das notícias que leem. E foi isto que fez o site evangélico ‘Rede Promessa’, do pastor supracitado, que reproduziu a NOTÍCIA FICTÍCIA sem citar a fonte, dando a ela o caráter de notícia inédita e verdadeira”.
Diante dos fatos, o pastor Davi Morgado se retratou publicamente com os leitores e com o deputado federal: “Venho diante de todos os meus seguidores comunicar uma errata e pedir perdão ao deputado Jean Wyllys por ter compartilhado uma matéria que não é verídica. Acabei recebendo de seguidores e compartilhando sem conferir a fonte. A matéria dizia que ele e demais deputados criaram projeto contra casamento de evangélicos. Bom, fica de lição para mim e para todos, que antes de compartilhar, confiram a fonte”, escreveu em seu perfil na rede social.
O deputado Jean Wyllys reproduziu a errata de Davi Morgado em sua página, mas não confirmou se iria retirar a queixa contra o pastor.
Leia mais...

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Homem destrói monumento aos 10 Mandamentos porque “Satanás ordenou”


Homem destrói monumento aos 10 Mandamentos porque “Satanás ordenou”

Grupo satanista luta pelo reconhecimento do status de “religião”

Homem destrói monumento aos 10 Mandamentos porque “Satanás ordenou” 
  Homem destrói monumento aos 10 Mandamentos
Um homem foi preso após lançar seu carro contra um monumento com os Dez Mandamentos em Oklahoma na noite da última quinta-feira (23). Michael Reed Jr, 29 anos, foi preso após investigações mostrarem que ele deliberadamente derrubou a estrutura de pedra com dois metros de altura que fica em frente à sede do Governo do Estado.
Na manhã seguinte, apareceu em um edifício federal em Oklahoma City, fazendo declarações depreciativas sobre o presidente Barack Obama, incluindo uma ameaça de morte. Questionado pelas autoridades, afirmou que derrubou o monumento porque “Satanás ordenou”.
O agente Serviço Secreto dos EUA, David Allison, relatou: “Ele saiu do seu carro, urinou no monumento. Em seguida, atropelou e destruiu-o”. Reed afirmou ainda que era um satanista.
Mike Ritze, membro da família que investiu quase 10 mil dólares para erguer o monumento aos 10 Mandamentos afirmou: “Estamos, obviamente, chocados e consternados, mas não estamos desanimados”. Classificando o ato de ‘terrível vandalismo’, a governadora Mary Fallin se ofereceu para ajudar a levantar recursos privados para reconstruir o monumento.
Nos últimos dois anos, a estrutura vinha sendo objeto de uma disputa legal. Organizações em defesa do Estado Laico queriam proibir qualquer peça com tema religioso em lugares públicos. No mês passado, um juiz local decidiu que o monumento não viola a Constituição de Oklahoma.
10 mandamentos destruidos Homem destrói monumento aos 10 Mandamentos porque Satanás ordenou
No início do ano, a organização Templo Satânico pediu para colocar uma estátua com dois metros de altura em frente à sede do governo. Sua alegação é que grupos cristãos colocam estátuas em locais públicos e, portanto, eles também têm esse direito. Embora num primeiro momento, o pedido tenha sido negado pelo governo, eles divulgaram que a imagem seria de um ser parte homem e parte bode. Ele está sentado em um trono marcado pelo pentagrama, ladeado por duas crianças.
Embora muitos não tenham levado a sério as afirmações do grupo satanista, eles conseguiram autorização para realizar “missas negras” dentro de um centro comunitário estadual. As declarações de Reed comprovam que, embora ridicularizado por muitos, o grupo satanista tem seguidores devotos na região. Com informações de Daily Mail
Leia mais...

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!”

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!”

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!” A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou na última semana que Jean Wyllys (PSOL) será o “representante da juventude brasileira” no seu governo.
O deputado federal e ativista gay, que foi opositor da presidente e teceu diversas críticas a ela por recuar diante dos protestos da bancada evangélica e não acatar parte das exigências da militância homossexual, agora virou seu aliado.
A justificativa usada por Dilma Rousseff para indicar Wyllys para a função foi repetir o discurso dos ativistas gays: “Tenho o compromisso de lutar contra a discriminação da juventude negra neste país, contra os autos de resistência, contra esse morticínio, assim como eu tenho compromisso de lutar contra violência que motiva a mulher, assim como contra a homofobia, temos de criminalizar a homofobia”, disse a presidente, segundo informações do portal Terra.
Durante a reta final dos programas da propaganda eleitoral gratuita, Dilma mostrou imagens de um discurso do ex-presidente Lula, e ela aparece acompanhada de Jean Wyllys e de uma mãe de santo.
O pastor Silas Malafaia comentou o episódio e afirmou que a união política de Dilma e Wyllys é simbólica: “Evangélicos acordem! Dilma escolheu o deputado ativista gay Jean Wyllys para representar a juventude. É o mesmo que luta contra nossos princípios”, criticou o pastor.
No Facebook, Wyllys rebateu as postagens de Malafaia dizendo “aceita que dó menos”.
“Bateu o desespero nos fundamentalistas! Depois de terem apostado todas as suas fichas na campanha do Aécio (inclusive alguns que, na eleição anterior, apoiaram a Dilma), as pesquisas estão frustrando suas esperanças de eleger o governo dos seus sonhos, mistura de neoliberalismo radical, conservadorismo extremo e macartismo vintage. E, desesperados, querem um culpado”, escreveu Wyllys, insinuando que tornou-se alvo de ataque porque Dilma poderia vencer as eleições.
Alguns internautas se posicionaram sobre o assunto e criticaram Jean Wyllys: “Sou gay e não concordo com você, aliás, não da nem pra confiar em você pôs você vivia criticando a Dilma e agora está inventando as coisas pra eleger a mesma. Vai ganhar algum cargo de ministro?”, questionou um dos usuários da rede social.
Leia mais...